Você influencia as pessoas ou ajuda a elas a serem influenciadas?

Posso dizer que durante muito tempo, achei que realmente influenciava as pessoas, que realmente as convencia do meu ponto de vista e das minhas opiniões, porém com o passar dos anos e com a experiência adquirida – as duras penas – posso hoje dizer que dentro de cada um de nós existe um objetivo, meta e necessidade clamando para ser influenciado.

Todos temos nossas necessidades, nossas perspectivas, opiniões e pontos de vista, ao qual construímos ao longo de nossas vidas e as quais estão embasadas em nossos valores e crenças primárias e que direcionam nosso interesse tanto no dar como no receber, nossos interesses estão relacionados ao valor que damos aos objetos, pessoas, emoções e sentimentos e ao sentido que damos a estas conexões.

“Aquele que sabe não tem necessidade de gritar” – Leonardo da Vinci

Nossa motivação nunca nasce de fatores externos, ela já se encontra lá, quieta, tranquila e invisível, esperando o momento certo para se mostrar e para interagir com o mundo de forma a obter o que se deseja e o que necessitamos, ela é temporal, mensurável, acordada, realista e simples, porém precisa estar alinhada tanto de forma racional como emocional para que seja influenciada ao ponto de chegar no “Sim”.

Queremos ser convencidos, ter a sensação de poder decidir, de termos experiências positivas, de confiarmos e de no processo termos realmente nos conectado e criado relacionamentos significativos e fortes, prezamos nossos desejos e juízos de valor, nossa integridade e coerência e para isso é preciso fazer todo o sentido o mundo que nos cerca e que nos bombardeia de ofertas, promoções e oportunidades únicas, queremos nos sentir merecedores e pertencentes ao contexto e ao todo.

“Você não influencia ou motiva as pessoas, você as ajuda e desafia a serem influenciadas e motivadas” – Adriano Levy

Você quer me influenciar? Você deseja me motivar? Quer me persuadir?

Não precisa, basta saber aonde estou, quem sou, o que faço, o que tenho e não tenho, o que desejo e necessito e como me comporto com relação a isso, meus sentimentos, emoções, opiniões e perspectivas, ou seja, me escute atentamente, não com os ouvidos mas com todos os seus sentidos, veja, ouça, sinta, esta será a fórmula para me ajudar a ser influenciado.

Pense e reflita profundamento como tem sido suas relações e conexões, pessoais ou profissionais, íntimas, formais ou informais, você tem tentado influenciar ou colaborar com o processo de apoiar, desafiar e ajudar as pessoas a serem influenciadas, e responda com sinceridade com base no seu dia a dia, quanto tempo você passa impondo seu ponto de vista e quanto tempo você expõem de forma autêntica, sincera, vulnerável e positiva seus objetivos e necessidades?

Deixe seus comentários, sugestões e dúvidas, será um prazer respondê-los!

Me nome é Adriano Levy e minha missão é ajudá-lo a subir mais um degrau na escada do sucesso, realização, mudança, superação e alta performance.

Sou,

Palestrante, Talker, Executive & Life Coach, Analista Comportamental DiSC e Analista ASSESS, Consultor, Mentor, Empreendedor, Analista de Sistemas, Analista de Negócios, Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação. Certificado pela SLAC Coaching – Sociedade Latino Americana de Coaching, AC – PECC – Professional Executive Coach Certification, EMCC – PECC – Professional Executive Coach Certification, IAC – Certifies in PECC – Professional Executive Coach Certification e PCA – PECC – Professional Executive Coach Certification. Trata principalmente os assuntos relacionados a empreendedorismo tradicional e social inclusivo, Startups, Comunicação Interpessoal e não violenta, desenvolvimento de líderes e liderança, autodesenvolvimento pessoal e profissional. Já realizou diversos workshops e palestras e é idealizador e criador do Curso Real Leadership Experience além de diversas oficinas e cursos.

Cursos & Oficinas:

– EmocionalLAB – Gestão da Inteligência Emocional

– Gestão Comportamental

– Comunicação Interpessoal e Não Violenta (CNV)

– FEEDBACK 4.0

– Autodesenvolvimento Pessoal e Profissional

– REAL LEASERSHIP EXPERIENCE – Liderança 2.0

– Curso de Liderança 2.0 – Equipes de Alta Performance

Informações: http://www.coachadrianolevy.com.br

Inscrições: https://www.sympla.com.br/adrianolevy

O quanto tem lhe custado sentir medo, vergonha e culpa?

Se observarmos com clareza estes três tipos de sentimentos e emoções veremos que todas estão ligadas pelo fato de não conseguirmos distinguir em nosso dia a dia o que realmente podemos controlar e o que não podemos.

Medo, vergonha e culpa estão relacionados ao mundo externo, a opinião dos outros e em como seremos vistos pela sociedade e pelo mundo que nos cerca, e apesar disto ter um peso enorme em nossas decisões e até mesmo em nossas crenças e comportamentos, sabemos que qualquer coisa que façamos não poderá controlar a forma como somos vistos.

Em nossa arrogância e diferenciação do mundo, nos isolamos e distanciamos das pessoas por acharmos que ninguém poderá entender nossa situação e assim nossos relacionamentos, conexões e vida pessoal se vê envolta em uma completa nuvem de tristeza e angústia, gerada pela nossa incapacidade de olharmos para dentro de nós mesmos e encontrarmos a tranquilidade necessária para gerar a eficácia exterior.

Podemos controlar aquilo que aspiramos, desejamos, que temos repulsa e nos desagradam ou as que nos agradam e nos atraem, ou seja, todas as coisas que estão ligadas diretamente a nossa influência e controle. Porém não podemos controlar como os outros irão interpretar e ver o que fazemos, não podemos controlar as coisas frágeis e dependentes de fatores externos e ações dos outros.

“A felicidade e a liberdade começam com a clara compreensão de um princípio: algumas coisas estão sob nosso controle, outras não. Só depois de lidar com essa questão fundamental e aprender a distinguir entre o que você pode e o que não pode controlar, é que a tranqüilidade interna e a eficácia externa se tornam possíveis.”

Epicteto (filósofo grego estoico)

Nossa vontade, intenção e ação deve estar voltada para as coisas que sabemos que dependem de nossas decisões, interpretações e em como iremos nos sentir, lembrando sempre que devemos reconhecer o verdadeiro sentido das aparências e ver além de como as coisas “parecem ser”.

Se permanecermos com foco em controlar pessoas, situações e aparências, sem nos ater em refletir a respeito se isto encontra-se sob nosso controle ou não, iremos criar sentimentos e emoções de frustração, angústia e aflição.

Nossos desejos e vontades exigem ação e realização imediata, não esperam, são impacientes e quando não agimos e ficamos externalizando que suas concretizações dependem, seja limitando ou possibilitando, dos outros, acabamos por nos decepcionar.

Os principais inimigos de nossos sentimentos de culpa, medo e vergonha é o nosso próprio ressentimento e sentido que damos a interpretação externa, sem racionalizar e refletir a respeito de como as coisas realmente são e não como desejaríamos que fossem. Evitar qualquer tipo de atitude, comportamento e interpretação impulsiva e irrefletida é essencial para que se tenha uma vida de graça, flexibilidade, felicidade e liberdade.

  1. Separe claramente o que esta no seu controle ou não;
  2. Ocupe-se na maior parte do tempo com as coisas que estão ao seu controle;
  3. Observe e reconheça as coisas em como elas realmente são e não em como gostaríamos que fossem;
  4. Harmonize sua vida, desejos, intenções e vontades com relação as coisas que estão sob seu controle;
  5. Observe o sentido que dá a cada acontecimento, e em como isso o fere ou fortalece;
  6. Acima de tudo utilize tudo aquilo que lhe pertence de verdade e esta sob seu controle, seja conhecimento, experiência, ferramentas, habilidades e competências, faça sempre bom uso delas e aplique-as em tudo que é importante e essencial para sua vida.

Deixe seus comentários, sugestões e dúvidas, será um prazer respondê-los!

Me nome é Adriano Levy e minha missão é ajudá-lo a subir mais um degrau na escada do sucesso, realização, mudança, superação e alta performance.

Sou,

Palestrante, Talker, Executive & Life Coach, Analista Comportamental DiSC e Analista ASSESS, Consultor, Mentor, Empreendedor, Analista de Sistemas, Analista de Negócios, Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação. Certificado pela SLAC Coaching – Sociedade Latino Americana de Coaching, AC – PECC – Professional Executive Coach Certification, EMCC – PECC – Professional Executive Coach Certification, IAC – Certifies in PECC – Professional Executive Coach Certification e PCA – PECC – Professional Executive Coach Certification. Trata principalmente os assuntos relacionados a empreendedorismo tradicional e social inclusivo, Startups, Comunicação Interpessoal e não violenta, desenvolvimento de líderes e liderança, autodesenvolvimento pessoal e profissional. Já realizou diversos workshops e palestras e é idealizador e criador do Curso Real Leadership Experience além de diversas oficinas e cursos.

Cursos & Oficinas:

– EmocionalLAB – Gestão da Inteligência Emocional

– Gestão Comportamental

– Comunicação Interpessoal e Não Violenta (CNV)

– FEEDBACK 4.0

– Autodesenvolvimento Pessoal e Profissional

– REAL LEASERSHIP EXPERIENCE – Liderança 2.0

– Curso de Liderança 2.0 – Equipes de Alta Performance

Informações: http://www.coachadrianolevy.com.br

Inscrições: https://www.sympla.com.br/adrianolevy

Whatsapp: (11) 97030-8508

Instagram: adrianolevycoach

Facebook: adrianolevycoach

Da interpretação à confusão. Muito mais do que a ponta do iceberg!

Muitas são as críticas assim como os elogios, ou fazendo um jogo de palavras, muitas são as ferramentas de autodesenvolvimento e de alta performance pessoal com foco no indivíduo e no seu crescimento assim como conteúdos de autoajuda, autoestima e autoconfiança, também com foco centralizado no ser humano.

Porém a interpretação, inclusive de muitas pessoas famosas e populares é que estamos na era do individualismo, o que na minha opinião é claro, existe uma confusão muito grande e que nos leva a uma evolução equivocada e sub utilizada.

As pessoas acabam por buscar o autodesenvolvimento por motivos, novamente na minha opinião, para seu próprio interesse, bem estar, qualidade de vida e crescimento pessoal e profissional.

Mas não é disso que se trata o autodesenvolvimento, a alta performance e a estabilidade emocional, esta busca é na verdade o início de um processo de conexão e relacionamento, onde quando buscamos o entendimento de nós mesmos, estamos nada mais nada menos do que buscando a compreensão de como interagimos e nos relacionamos, e criando espaço para a tolerância e compreensão das necessidades e emoções dos outros.

É notório que não podemos controlar as pessoas, seus comportamentos e emoções, porém podemos entender de forma mais clara, sem juízos de valor, sem conjecturas ou suposições, suas necessidades e criar vínculos e resultados mais positivos nas interações e alianças.

“Você lida com as coisas. Você colabora com as pessoas” – John Wooden

Sendo assim o autodesenvolvimento visa transformar o modelo mental do indivíduo em um modelo mais abrangente, social e coletivo, ninguém se desenvolve para viver numa ilha deserta, nos desenvolvemos para melhorar nossa comunicação, para entendermos nossas necessidades e emoções e podermos entender todo o ecossistema a nossa volta, ambiente, atores, intenções e expectativas, resultados e objetivos.

Posso afirmar que estamos na era da coletividade e não do individualismo como muitos pregam, pode até ser que seja um movimento tímido, subjetivo, nas entrelinhas, e até mesmo mal interpretado pelas pessoas, mas nossa evolução, invariavelmente será para uma mente coletiva, compartilhada e cooperativa, pois nossa existência depende deste passo.

“Não somos quem dizemos, não somos quem queremos ser. Somos a soma da influência e do impacto que exercemos nos outros e em nossa vida.” – Carl Sagan

Me responda com sinceridade, porquê você está se desenvolvendo?

Deixe seus comentários, sugestões e dúvidas, será um prazer respondê-los!

Me nome é Adriano Levy e minha missão é ajudá-lo a subir mais um degrau na escada do sucesso, realização, mudança, superação e alta performance.

Sou,

Palestrante, Talker, Executive & Life Coach, Analista Comportamental DiSC e Analista ASSESS, Consultor, Mentor, Empreendedor, Analista de Sistemas, Analista de Negócios, Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação. Certificado pela SLAC Coaching – Sociedade Latino Americana de Coaching, AC – PECC – Professional Executive Coach Certification, EMCC – PECC – Professional Executive Coach Certification, IAC – Certifies in PECC – Professional Executive Coach Certification e PCA – PECC – Professional Executive Coach Certification. Trata principalmente os assuntos relacionados a empreendedorismo tradicional e social inclusivo, Startups, Comunicação Interpessoal e não violenta, desenvolvimento de líderes e liderança, autodesenvolvimento pessoal e profissional. Já realizou diversos workshops e palestras e é idealizador e criador do Curso Real Leadership Experience além de diversas oficinas e cursos.

Cursos & Oficinas:

– EmocionalLAB – Gestão da Inteligência Emocional

– Gestão Comportamental

– Comunicação Interpessoal e Não Violenta (CNV)

– FEEDBACK 4.0

– Autodesenvolvimento Pessoal e Profissional

– REAL LEASERSHIP EXPERIENCE – Liderança 2.0

– Curso de Liderança 2.0 – Equipes de Alta Performance

Informações: http://www.coachadrianolevy.com.br

Inscrições: https://www.sympla.com.br/adrianolevy

Whatsapp: (11) 97030-8508

Instagram: adrianolevycoach

Facebook: adrianolevycoach

1
Olá, como posso lhe ajudar?
Powered by